Quanto dar de Gorjeta

by • December 31, 2013 • EUA, Europa, Geral, iniciantesComments (0)1652

+
-


Print Friendly
Se você tem a dúvida se pagará um grande mico, ou pior, uma indelicadeza no estabelecimento comercial, saiba agora as regras de gorjetas (gratuity)
Saba o que fazer quando estiver viajando…

Sei que muitos brasileiros pensam “ah, mas se eu nunca voltar aqui, ninguém vai saber que sou ignorante…”. Mas, a regra vale em todos países: respeito é bom e a gente agradece. Pesquise sempre regras de etiqueta do local, especialmente países com culturas muito distintas da nossa.
<!–more–>
<strong>SÃO PAULO</strong>
Não é obrigatório dar gorjeta em <strong>restaurantes</strong>, mas a maioria dos clientes paga 10% de serviço ou gorjeta, que muitas vezes já está sugerida na conta. A gorjeta pode ser paga junto com a conta.
Em <strong>Taxi</strong>, não é obrigatório, mas pode-se arredondar a conta, especialmente se a viagem foi longa.
<strong>Hotéis</strong>, em todo o Brasil, vai depender da categoria de hotel. As redes maiores às vezes nem tem quem leve a mala: gorjeta dispensada. Considere para camareiras, por dia: R$ 2 hotel simples, R$5 médio, R$10 chiques.
<strong>ESTADOS UNIDOS</strong>
Em <strong>restaurantes</strong>, é comum pagar 15%. Só deixe de pagar se realmente não gostou, do contrário é indelicado. Na maioria das vezes, a gorjeta não está incluída na conta, você deve calcular e pagar a mais. Se o restaurante for acima da média, calcule 20%. A gorjeta chama-se Tip ou Gratuity ou Service tax (não confundir com a taxa de VAT – que é o imposto obrigatório do Estado).
Alguns locais não aceitam gorjeta em cartão de crédito, pergunte antes, ou prefira deixar na mesa, em dinheiro.
É claro que isso não se aplica a locais populares, como drive-in, lanchonetes, bares, fast-food. Nesses locais, se há uma atendente, deixe o valor da gorjeta separada da conta, em dinheiro, em cima da mesa.
<strong>Bares</strong>: $1 por drink alcóolico, no balcão. 15% no total, se for conta da mesa.
Em <strong>hotéis</strong>, o valor depende do tipo de hospedagem.
Hospedagem econômicas não pedem nada (e usualmente não tem nem quem leve as malas), mas é bom deixar algo para as camareiras ($2 por dia, ou um total no final da hospedagem). Deixe em envelope, ou na mesa com bilhete ou debaixo do travesseiro. As camareiras mais honestas não pegarão dinheiro simplesmente deixado na mesa.
Se for hospedagem médio porte (3 estrelas), deve-se dar as gorjetas também para quem leva as malas ao seu quarto ($2 ou $1 por mala, em hotéis médios, $5 para hotéis melhores). E vá subindo o valor para a camareira assim como sobe o valor da diária do hotel (Até $5 por dia).
E sempre que alguém levar suas malas, como taxis e hotéis, a regra é pagar um certo valor ($1 ou $2) por bagagem. A regra também vale para transporte de van contratado. Só não precisa quando o serviço é de ônibus.
A partir de hotéis 4 estrelas, reserve de $5 a $10 para quem leva as malas ao quarto e para as camareiras (por dia).
<strong>Taxi</strong>: embora diga-se que seja 15%, pode-se arredondar a conta (E, por vezes, você não recebe o troco, só se pedir…)
<strong>EUROPA</strong>
<strong>Restaurantes</strong> não obrigam para extra pelo serviço ou já incluem na conta. Você pode simplesmente arredondar a conta para cima, deixando 1, 2 euros por pessoa. Alguns cobrarão, especialmente se for turístico. Se for um restaurante bom, calcule 5% até 10%.
Os menus turísticos na França já incluem taxa de serviço, assim como alguns na Itália (mesmo que no cardápio não esteja escrito). Fica a critério do freguês deixar mais ou não.
Também é melhor deixar a gorjeta em dinheiro (ou dispensar o troco, como dito acima, ao arredondar sua conta).
Na Alemanha, pode-se incluir no pagamento total da conta, como no Brasil, basta dizer qual valor vai pagar.
<strong>Hotéis</strong>: a Europa foi uma das primeiras a lançar essas redes sem muito serviço, para baratear. Então vale as regras acima para os Estados Unidos.
Nas pensões familiares ou B&amp;B não é necessário gorjeta.
<strong>Guias turísticos</strong> também aceitam gorjeta, mas não é obrigatório, como nos ônibus de tour e nos passeios de barco. Se você estiver duro, não tem problema, eles não reclamam. Se for curto, basta 1 ou 2 euros. Se for longo, 5 a 10 euros. Não dê gorjeta se o tal “guia” não faz nada, apenas recolhe os ingressos.
Em Londres: tudo é muito civilizado e está tudo incluído no que você paga. Então vale arredondar a conta em Taxis, 10% em mesa de restaurante (se já não estiver inclusa de 12.5% ), o usual para carregadores de mala e camareiras. Bares não é necessário.
<strong>ASIA</strong>
É considerado indelicado DAR gorjetas.
<strong>ORIENTE MÉDIO</strong>
Restaurantes: se não estiver incluído na conta, calcule cerca de 10%
Share on Facebook
Pin It

Related Posts

Escreva um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification