Por que uma passagem internacional de ida é mais cara que uma ida e volta?

by • April 3, 2017 • GeralComments (0)174

+
-


Print Friendly

Existem diversos motivos pelos quais as passagens variam de preço.
Mas por que as passagens de um trecho só são mais caras que aquelas ida-e-volta?
A maioria das vezes é uma questão de planejamento de vendas da companhia aérea: ao comprar uma passagem ida e volta, a empresa já sabe quais datas específicas tem assentos reservados, assim pode planejar melhor sua escala de vôos a médio e longo prazo.

Ao comprar uma passagem de apenas ida, a empresa não sabe quando o passageiro vai retornar – se é que vai. Assim, perde-se o controle de planejamento. Isso porque não importa quantas pessoas irão a bordo do vôo: uma aeronave que parte a um determinado destino, deve, quase necessariamente, retornar ao ponto de partida.
Ou seja, é como pegar uma corrida de taxi em que você deve pagar a volta do taxista, mesmo se você não voltar.

MÉTODO THROW-AWAY TICKETING
Já houve algumas formas de burlar esse preço mais alto, como comprar uma passagem ida-e-volta quando ela é mais barata que o trajeto individual de ida. Isso é chamado, em inglês, de throw-away ticketing (tradução literal para “bilhete jogado fora”).
Em outra situação, vôos mais longos às vezes são mais baratos que vôos curtos. Por exemplo, o vôo São Paulo – Brasília – Vitória pode ser mais barato que uma passagem São Paulo – Brasília.
Assim, alguns viajantes compram passagens com uma escala, optando por não fazer o trajeto seguinte. Porém, isso só vale se o trajeto que vai ser usado é o primeiro (lembre-se que o no-show cancela toda a passagem aérea, mesmo se você perdeu um trecho intermediário e pretendia prosseguir os demais trechos).
É importante ler sempre as regras contratuais para no-show (não apresentação ao embarque).
Além disso, especialistas dizem que esses passageiros acabam entrando numa “lista negra” dessa empresa aérea e que tentativas repetidas de usar essa técnica por comprometer a relação do viajante com a companhia aérea.
A maioria das vezes, a companhia deixa de lançar pontos de milhagem, por exemplo. Mas poderia chegar ao extremo de cobrar a diferença entre a passagem apenas-ida em relação ao valor pago.

Share on Facebook
Pin It

Related Posts

Escreva um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification