Passagens aéreas para a Europa caem após Brexit

by • July 3, 2016 • Geral, PassagemComments (0)656

+
-


Print Friendly

As passagens áereas para a baixa temporada já podem ser antecipadas. Usualmente, o mês de julho não favorece a compra de passagens, porque é alta temporada ainda e as companhias apenas baixam os preços na segunda quinzena de Agosto.
Mas vários fatores fizeram criar incertezas no mercado de turismo nas últimas semanas:
- Ataques terroristas a aeroportos da Europa.
- Demora na emissão de passaportes no Brasil, por problemas técnicos na Casa da Moeda.
- Incerteza da economia européia e o efeito do Brexit.
- E os preços também caem pela baixa recente do dólar, mais de 10%.

Para outubro de 2016, muitos destinos europeus estão com sua menor marca em termos de preço de passagens aéreas, nesse ano, em torno de R$ 2100.
São passagens emitidas pela Lufthansa, AirFrance e Klm.
As cidades são variadas incluindo Copenhague, Praga, cidades da Itália, França, Espanha, Portugal.

DESTINOS EUROPEUS
Se você sonha em viajar para a Europa esse ano, pode escolher destinos sem problemas imigratórios ou fora dos grandes centros urbanos.
Portugal, Espanha, Itália seriam boa opção, exceto Madri (em 2004 houve um dos primeiros atentados de terrorismo de grande porte na Europa, bem em Madri).
Não recomendado: Turquia, Grécia (Egito não é parte da Europa, mas também não é recomendado, assim como a Tunísia), Russia.
Lugares que podem requerer atenção do turista: Hungria, Croácia, pela proximidade com a Síria.
Países neutros: Suiça, Leste Europeu (Eslováquia, Eslovênia, Romênia), Escandinávia (Dinamarca, Suécia e Noruega).

TERRORISMO
Qualquer país poderia ter problemas com extremistas. A França, Grã-Bretanha, Alemanha, Espanha e muitos outros países tem grande número de população muçulmana. Embora a religião não seja problema, a questão é que há núcleos extremistas em quase todos os países, como Brasil, Estados Unidos e países da Europa em geral.
O foco são grandes centros urbanos. No caso de Bruxelas por ser a capital do Parlamento Europeu. Então cidades menores poderão estar mais seguras e calmas.
A Alemanha, que ainda não teve uma notícia de ataque a civis, tem grande preocupação com a segurança e tudo indica que medidas serão tomadas nos próximos meses. Especialistas afirmam que o turismo tem menor impacto após ataques terroristas, demorando apenas alguns meses para recuperar após eventos dessa natureza. Isso quer dizer que Paris logo voltará a ter longas filas nas suas principais atrações.

BRASIL:
Infelizmente em razão de corrupção, crise econômica e epidemia de Dengue, Zika e afins, perdemos muito para melhorar nosso turismo.
Turistas europeus e norte-americanos que poderiam gastar a moeda forte deles no Brasil preferem outras localidades, que sejam mais preparadas para o turismo.
O Brasil pecou em investir em infra-estrutura de transporte, portos e apoio ao turismo.
Aí nem mesmo os brasileiros aproveita o Brasil, porque os preços são mais altos que os praticados no exterior.

AMÉRICA LATINA
Quem melhor aproveitou esse cenário é o Peru. Eles estão com forte foco em atrair visitantes internacionais ao pais. Além do Peru, quem viu o mercado de turismo crescer foi a Colômbia.

LEIA MAIS
MIRROR UK -
http://www.mirror.co.uk/news/world-news/how-safe-your-holiday-european-7792430

Share on Facebook
Pin It

Related Posts

Escreva um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification