Ônibus Turístico de São Paulo: guia

by • November 8, 2016 • Brasil, guiasComments (0)554

+
-


Print Friendly

ÔNIBUS TURÍSTICO – CUSTO:
R$ 40. Serve para todo o dia.

Venda somente dentro do ônibus. Pagamento em dinheiro, cartões de crédito e débito.
Válido por 24 horas a partir da primeira utilização, com embarques e desembarques ilimitados durante o funcionamento do serviço. De segunda a sexta-feira: às 9h, 11h20 e 14h10; Aos sábados: às 8h, 10h30 e 13h30, da parada 1 – República.
LINK OFICIAL
http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/linha-circular-turismo

=============================================
PARADAS
http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/linha-circular-turismo/pontos-de-parada

Há 3 pontos no centro histórico de São Paulo: República, Pateo do Colégio e Teatro Municipal.
Todos eles podem ser alcançados a pé, não sendo necessário esperar o ônibus novamente.
A região central exige atenção com seus pertences pessoais, especialmente bolsas, carteiras, celulares e máquinas fotográficas, sendo preferível que o passeio ocorra com mais de uma pessoa.
Além dos prédios históricos, como o Martinelli, de 1929 e o Prédio do Banespa, de 1947, o Centro tem amplo comércio. O ponto mais popular é a rua 25 de Março, próximo ao Metrô São Bento (Linha Azul), que vende armarinho, bijuterias, brinquedos e artigos para festa. Para os turistas, vale apenas para ver como é, já que há grande movimento de pessoas e as lojas são estreitas.
De lá, está a um pulo do Mercado Central (também chamado Mercado da Cantareira) – www.oportaldomercadao.com.br - que fica ao final da 25 de Março.

http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/o-que-visitar/pontos-turisticos/178-banespao-edificio-altino-arantes
http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2014-05-30/sede-da-bovespa-predio-da-rua-15-de-novembro-abrigou-grande-banco-em-sp.html
LEIA MAIS:
http://viajeaqui.abril.com.br/materias/galeria-12-atracoes-no-centro-historico-de-sao-paulo

PATEO DO COLLEGIO
Centro antigo de São Paulo.
Atrações na região: Beco do Pinto, Caixa Cultural, Capela do Menino Jesus e Santa Luzia, Catedral da Sé, Casa Nº 1, Centro Cultural Banco do Brasil, Convento São Francisco, Edifício Altino Arantes, Edifício Martinelli, Edifício Matarazzo, Espaço BM&F Bovespa, Igreja da Ordem Terceira do Carmo, Igreja de Santo Antônio, Igreja de São Gonçalo, Igreja Nossa Senhora da Boa Morte, Conjunto Franciscano, Mosteiro de São Bento, Museu do Tribunal de Justiça, Solar da Marquesa de Santos.

Achar as atrações pode ser difícil, então, para facilitar percorrer a rua São Bento, desde o início (junto ao Largo do São Francisco) até o final (Mosteiro de São Bento), depois passando para a sua paralela XV de Novembro (retornando) até o Páteo do Colégio passaria por boa parte dos prédios históricos.
A região da Praça da Sé exige atenção dos turistas para celulares, bolsas e câmeras.
Sugerimos visitar a Catedral da Sé, Largo do São Francisco (ao lado fica o Conjunto Franciscano, visita rápida), Centro Cultural Banco do Brasil, Páteo do Colégio, Solar da Marquesa e Igreja/Mosteiro de São Bento. Se for dia de semana, pode-se subir no prédio Banespa (Altino Arantes), um dos símbolos da cidade.
Visitar a loja Daiso na rua Direira. Na 25 de Março, a sugestão é as lojas Camicado Atacado (toldo vermelho, várias na região central, especialmente na Barão de Duprat), Minas de Presentes e o Mercado Municipal.
Comer um doce na Casa Mathilde casamathilde.com.br também é lei.

Nosso guia de São Paulo descreve mais detalhadamente o centro histórico.
http://viagem.decaonline.com/sao-paulo-sp-guia-basico/

THEATRO MUNICIPAL
Atrações na região: Biblioteca Mário de Andrade, Edifício Mackenzie, Galeria Olido, Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, Praça das Artes.
A região era importante ponto comercial de São Paulo. Em frente ao Teatro ficava a antiga loja de departamentos Mappin, que funcionou até sua falência no final da década de 90, hoje Lojas Bahia.
O comércio decaiu bastante, quando lojistas passaram a funcionar nos Shoppings.
Hoje em dia, vende-se produtos de baixo custo, a maioria importada da China. Algumas grifes de roupas femininas permanecem na região, como a C&A (24 de maio) e Lojas Marisa (ao lado do Teatro).
A principal rua, onde está as Casas Bahia, é a Barão de Itapetininga. Ela vai até a Praça da República.

No Viaduto do Chá, lado oposto ao Theatro Municipal, fica o antigo prédio da Eletropaulo, hoje fica o Shopping Light.

PRAÇA DA REPÚBLICA
Atrações na região: Galeria do Rock, Edifício Copan, Edifício Itália, Igreja da Consolação, Igreja de Santa Ifigênia, Praça Roosevelt, Rua Santa Ifigênia.
Meios alternativos de chegar ao local: ônibus que descem a Rua da Consolação. Metrô República (linha Vermelha e amarela)

==================================================
ESTADIO DO PACAEMBU
Não há muito o que fazer na região, exceto conhecer mesmo o Estádio e o Museu do futebol, no mesmo local.
O Parque Buenos Aires fica em Higienópolis, considerado um bairro nobre da cidade, com grandes prédios residenciais. O Shopping Patio Higienópolis, de 1999, www.shoppinghigienopolis.com.br mostra bem o perfil da região.
Meios alternativos de chegar ao local: Metrô Clinicas (Linha Verde) (15 min de caminhada até o Estádio). ÔNIBUS – 917M-10 MORRO GRANDE / METRÔ ANA ROSA (passa pela Av. Paulista e Av. Dr. Arnaldo, Metrô Clinicas)
Atrações na região: Bancas de flores da Av. Dr. Arnaldo, Casa Guilherme de Almeida, Cemitério do Araçá, Museu de Arte Brasileira, Parque Buenos Aires.
COMER apenas aos sábados há uma feira com barraca de pastel. Nos demais dias, pode-se encontrar barracas de comida ou você terá que ir até a rua Alagoas, embora os restaurantes aí sejam mais caros. Há um McDonalds na Angélica, cerca de 13 minutos andando.
==================================================
AV. PAULISTA – MASP
Atrações na região: Casa das Rosas, Centro Cultural Fiesp, Edifício Gazeta, Espaço Cultural Citi, Igreja São Luís Gonzaga, Instituto Cervantes, Itaú Cultural, Masp, Parque Trianon.
Meios alternativos de chegar ao local: Metrô linha Verde. Ônibus que passem na Av. Paulista.

COMER Por ser grande centro comercial e bancário, os restaurantes costumam ter filas. Mas há grande variedade de opções, desde buffets a quilo nas travessas (como a rua Augusta) e ruas paralelas (especialmente a Alameda Santos), praças de alimentação (shoppings: Center3, Cidade São Paulo, Paulista, Top Center), fast-food (McDonalds, Bobs, Burger King) e galerias (2001, Trianon)
Muita gente que vai até o Masp não sabe que há um restaurante de buffet (preço fixo) no andar de baixo.
Na região da rua Augusta que vai até os Jardins, há vários bistrôs, restaurantes e bares, de preços variados. Alguns são famosos como o Capim Santo. restaurantecapimsanto.com.br, o Figueira Rubayat, Restaurante Arábia (tido como um dos melhores árabes da cidade), dois do chef Atala: DOM e e o Dalva e Dito.
Lá para baixo fica uma das ruas de compras finas mais famosas da cidade: a rua Oscar Freire. Mas você pode visitar a rua sem gastar muito: há muitas sorveterias lá como a Ben & Jerry (Oscar Freire), Diletto (Lorena) e Bacio di Latte (Al. Tietê).
Vale a pena dar uma passada no supermercado Casa Santa Luzia (Alameda Lorena, 1471) www.santaluzia.com.br/

==================================================
PARQUE DO IBIRAPUERA
A maior área verde de São Paulo (que é metade do Central Park de NY) reúne artistas, atletas e pessoas a passeio, que levam crianças, piquenique, bicicletas.
Em razão do tamanho, não tem aquela cara de parquinho de cidade, como é o Parque da Água Branca, próximo ao Metrô Barra Funda.
Leia mais sobre parques de São Paulo: http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/parques
A área tem alguns museus com exposições temporárias, o Bienal (que abriga a Feira do Livro e outros eventos esporádicos).
Nas proximidades está o anhembi, onde tem eventos esportivos e a Câmara Municipal.

COMER Para locais de comida, se não for comer nas barracas disponíveis no parque, vá até a Avenida Ibirapuera, até a Lavandisca. Nessa região há restaurantes como Applebees, SiSenor (mexicano), Lanchonete da Cidade, Tony’s Roma, Bar do Alemão. Os preços são mais caros (a partir de R$ 50 por pessoa).
Pegando um outro ônibus na Av. Ibirapuera, chega-se ao Shopping Ibirapuera, um dos principais e mais tradicionais da cidade, funciona desde 1976. www.ibirapuera.com.br/
A região do Ibirapuera situa-se no bairro de Moema, um dos mais caros da cidade em espaço imobiliário.
http://vejasp.abril.com.br/materia/os-bairros-mais-caros-e-baratos

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_sul/index.php?p=14062

Atrações na região: Monumento às Bandeiras, Museu de Arte Contemporânea, Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32.
Meios alternativos de ir até o Ibirapuera: não há metrô próximo, então a opção seria Metrô + Uber /Taxi ou ir de ônibus desde a Região Central, atrás do Largo São Francisco (rua Riachuelo), acesso pelo Metrô Sé.
==================================================
CENTRO CULTURAL VERGUEIRO
Embora colocado no roteiro, o Centro Cultural não oferece muito ao turista, servindo mais como acervo cultural aos usuários locais. Há grande coleção revistas, discos e livros. Por vezes há shows, reuniões de Cosplay, etc, servindo de ponto de encontro de “tribos” urbanas.
É provável que tenha sido incluído o ponto no roteiro por ser a ligação entre a Av. Paulista e o Parque do Ibirapuera.

COMER Na região, há restaurantes tradicionais de comida árabe/síria, como o Halim, Tenda do Nilo e o Jaber, que valem a pena ser conhecidos.
Chama atenção, nas proximidades, a Catedral Ortodoxa, com sua abóboda dourada.
Meios alternativos de chegar ao local: Metrô Paraiso (Linha Azul), Metrô Vergueiro.
Atrações na região: Catedral Nossa Senhora do Paraíso, Catedral Ortodoxa, Igreja de Santa Generosa.

==================================================
BAIRRO DA LIBERDADE
A partir da Praça da Liberdade, onde tem feira de artesanato nos finais de semana, tem-se acesso à Rua Galvão Bueno, principal rua da região.
Meios Alternativos para chegar: metrô Liberdade (linha Azul).
A região é famosa pelo comércio alimentício de produtos orientais e restaurantes orientais (coreanos e japoneses).
Aí também fica a primeira loja Ikesaki, grande revendedora de cosméticos e produtos de beleza.
Ainda há pequenas lojas de artigos variados de presente, dentro das galerias que ficam logo no início da Rua Galvão Bueno. Se quer conhecer uma, pode escolher a Fancy Goods, logo na Praça da Liberdade.

COMER Além do Sushi, típica comida japonesa, você pode também escolher pratos econômicos nas mercearias, os “Bentôs” ou escolher um Lamem. São Paulo tem vasta legião de fãs comedores de Lamen (macarrão com caldo), feitos artesanalmente. Para quem gosta, é boa pedida.

Atrações na região: Capela dos Aflitos, Catedral Metodista de São Paulo, Igreja Santa Cruz da Alma dos Enforcados, Museu da Imigração Japonesa, Templo Budista Busshinji.

Share on Facebook
Pin It

Related Posts

Escreva um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification