Divirta-se em um ônibus em Nova York

by • November 20, 2008 • Cidades de metrô, EUAComments (0)152

Print Friendly

Uma reportagem da NYTimes que vai publicada no próximo domingo, 23 de novembro, irá mostrar que ir de ônibus público é um bom passeio em NY.
Já tinha se dito por aqui sobre a linha M10 e 27. O jornal destaca outro trecho, norte a sul, no lado oposto ao M10, ou seja, a linhas que sobem a Madison e descem pela 5ª Avenida.

* guia do NYT sobre as linhas M1, M3, M4:
http://www.nytimes.com/packages/pdf/…_Weekend_Graphic.pdf

A linha M4 vai subir até a Columbia University e passar pela maior catedral da cidade: a St. John The Divine. A ST John está em reforma desde 2001, quando sofreu um incêndio que queimou boa parte de suas alas. A nave central está parcialmente aberta, mas alas laterais continuam fechadas. A Catedral também pode ser acessada por metrô.
Na volta, ele vai passar pela Madinson, onde predomina o comércio. Passará depois bem em frente ao Empire State.

A linha M1 leva boa parte dos turistas à distante Cloisters. Uma parte do museu do Metropolitan (usa-se a mesma medalhinha da entrada do Metropolitan para entrar no Cloisters, que está em um parque exuberante, e tem um acervo de arte sacra e tapeçarias .
A volta do M1 tem transito complicado, sujeito à hora do Rush. Passará pelo Central Park até chegar na 59th St. E lá que está a loja da Apple(um cubo gigante de vidro com o símbolo de uma maça), a principal da cidade, às vezes se observa charretes levando felizes turistas e ainda tem a FAO Schwartz, uma loja de brinquedo que já mudou muito de cara com o passar das décadas, mas manteve-se lá, no mesmo prédio de 3 andares, na 767 Fifth Avenue (Fifth Ave com a 58th). Estãção de metrô está por perto.
Se quiser continuar no M1, o ônibus passará pela St. Patrick Catedral, bem em frente ao Rockfeller Center. O St. Patrick representa algo como a Catedral da Sé para São Paulo, mas é ainda mais querida pelos cidadãos. Vale a pena entrar e ter alguns momentos de silêncio e reflexão.
Já no Rockefeller Center, se estiver frio terá o rinque de patinação. Se não tiver, terá sempre muitos visitantes ao redor das bandeirinhas dos países. Também pode-se subir no majestoso prédio e ter uma vista usualmente nublada da cidade (custa o mesmo que o ingresso do Empire State).
Depois de um longo percurso por lugares não tão bonitos (como a região de Chinatown) e um trânsito de perder os cabelos, chegará finalmente na Wall Street, bem ao sul, com seu comércio agitado (há muitos magazines como a Century 21, lojas de eletrônicos como a J&R) até o símbolo do Bowling Green, um touro que é símbolo de aumento na Bolsa de Valores. Wall Street também tem a Bolsa de Valores, a Ponte do Brooklyn, a Prefeitura, Ground Zero (onde estavam a torres gêmeas do WTC). De lá, pode-se pegar o Staten Island Ferry, um passeio barato (grátis) e divertido que passará pela Estátua da Liberdade.

A linha M3 tem um trajeto comum aos demais na região do Central Park. E abaixo do parque que as coisas mudam. Passará pela Broadway até a região da Greenwich Village. Uma área residencial, onde mora gente famosa, gente descolada, muitos restaurantes, bares. O ônibus vai a poucas quadras da Washington Square, nos arredores da Universidade de Nova York (perto da 8th St). Há uma rua só de lojas de CD e discos, a Bleecker.

Na volta (de sul para norte), o M3 passa pela Union Square. Nessa praça, reunem-se artistas de rua, vendendo quadros, artesanato e também muitas barracas de comida natural, flores, etc… ótimo local para compras.

============================

A reportagem: http://travel.nytimes.com/2008/11/23/travel/23weekend.html

Destaques: Koreatown, Empire State Building, Times Square Bagel, Whitney Museum, Morgan Library, St. Patrick’s Cathedral, estátua de Duke Ellington, Columbia University. Indo para o sul: lojas da 5ª Avenida, The Plaza Hotel
At 155th Street, you’ll pass the Beaux Arts Audubon Terrace to your left, housing Boricua College, museums and cultural institutions. Speaking of institutions, what happened to the yellow cabs? Here, livery cabs, usually Lincoln Town Cars with license plates that start with “T”, rule the day. On your right at 156th Street, you’ll catch Kennedy Radio Dispatch, a livery base, where a headphone-wearing dispatcher takes calls and radios drivers. (The scene will look familiar to anyone who saw the Broadway musical “In the Heights.”)
THE BASICS
1. Buy a $7.50 Fun Pass at any subway station. Catch the M4 bus at the start of its route on West 32nd Street between Sixth and Seventh Avenues. Take it up Madison, across Central Park North, through Harlem and all the way to the terminus, at the Cloisters.
2. Walk back through Fort Tryon Park and head down the stairs (and then elevator) to the A train at 190th Street. Head five stops back downtown to 125th Street.
3. Either take the M3 bus from the station or stroll four avenues over on 125th to Fifth Avenue.
4. If you decide to walk, catch the M1 bus labeled South Ferry at Fifth Avenue. If you’re on the M3, be sure to switch to the M1 somewhere on Fifth Avenue. The M1 heads down Fifth, goes down Park Avenue for a bit, then onto Broadway all the way to the southern tip of Manhattan. Get off at Bowling Green.

=============================

Do post: Nova York – transportes e aeroporto:
Onibus é tão complicado e cheio quanto os nossos brasileiros. A maioria das linhas tem uma diferença de 20 minutos entre um ônibus e outro, por isso não estranhe se você tomar um chá de cadeira (mas sem a cadeira). Ele não é necessário para a maior parte das coisas onde tem metrô, mas tem alguns lugares que realmente não dá para chegar sem: a parte norte da 5ª Avenida (onde está o Metropolitan e o Guggenheim), sendo que tem que pegar o ônibus na paralela, a Madison (Avenida onde está a Sony, uma Hallmark gigante e a Macy) e também para chegar a lugares mais distantes como o Intrepid (50) e as Nações Unidas (27). Mapa do ônibus (pdf)

Divirta-se no ônibus da cidade. Aliás, é bem divertido descer pelo Central Park, no lado Oeste (West) até a Union Square pelo ônibus M10, ele passa bem no meio da Times Square. Outra linha interessante ,o ônibus 27, é a que faz o trecho da ONU que até o Port Authority (a rodoviária da cidade), passando pelo Rockefeller Center e Times Square.

Share on Facebook
Pin It

Related Posts

Escreva um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification