Crise na Aerolíneas Argentinas

by • 28/07/2008 • America Latina, GeralComments (157)29783

+
-


Print Friendly

A crise do final de julho deste ano causado pela Aerolíneas Argentinas causou estanto e revolta nos turistas. A Argentina tem sido destino muito procurado esse ano, por conta da baixa do dólar. Mas além dos problemas econômicos do país, os turistas vão enfrentar novos problemas: por conta de overbooking nesta companhia, passageiros não estão conseguindo embarcar.

O overbooking é prática comum nas companhias, já que o objetivo é lotar a aeronave ao máximo e desistências saem caro para as empresas. O Governo tentou coibir impondo pesadas multas e indenizações aos passageiros.

Mas o caso da Aerolíneas pode indicar um problema diferente. A empresa, assim como a Alitália, acumula dívidas gigantescas. A venda de passagens antecipadamente, mesmo sem assentos no vôo é uma forma de adiantar valores para a empresa.

Em caso de quebra, os passageiros terão muita dor de cabeça, assim como ocorreu na BRA.

Tentando solucionar os problemas na Aerolineas Argentina, a empresa será reestatizada.

Se você estiver entre os prejudicados, pode entrar com uma ação na Justiça ou Pequenas causas contra a empresa aérea e a agência de turismo (em caso de pacotes). O prejuízo financeiro (dano material) pode incluir estadias em hotel, comida e perdas de dias de viagem, incluindo eventuais ingressos de atrações pagos antecipadamente. Danos morais é complicado de comprovar, mas nessa época do ano, com a grande repercussão da mídia, também é possível pedir esse tipo de indenização. O valor é trêz vezes o valor do dano material.

Houve notícias de péssimo atendimento e também de que boa parte ds aeronaves não estão com manutenção adequada.

Aerolíneas Argentinas tem dívida de US$ 900 milhões e será
G1.com.br – 21 horas atrás
Segundo o governo, a reestatização será temporária, até que a situação financeira da companhia esteja saneada, para então realizar novamente a privatização

Aerolíneas vende passagens a mais e prejudica centenas de brasileiros
Estadão – 26 minutos atrás
A Aerolíneas, no controle da Marsans, acumulou dívidas de US$ 890 milhões. Na semana passada, a companhia aérea iniciou seu processo de reestatização,

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification