Como solicitar o visto norte-americano (VISA EUA)

by • 10/06/2017 • Docs, visto, EUA, Geral, PassagemComments (579)118053

+
-


Print Friendly

Atualizado em 10 de junho de 2017. Artigo originalmente publicado em 11 de Junho de 2012.
Informações sobre visto e como chegar ao Consulado Norte-Americano em São Paulo

VISTO
Passo a passo para obter o visto aos Estados Unidos.
Passo 1: Preencha o formulário DS-160 online.

Passo 2: Pague a taxa de solicitação de visto (MRV) que poderá ser paga com cartão de crédito pelo site de agendamento de entrevista ou por telefone local do Call Center. O solicitante também poderá optar por pagar por boleto bancário em qualquer banco da rede do boleto, devendo imprimir o boleto do site de atendimento. O boleto conterá um número único MRV e o valor da taxa do visto. É necessário guardar o recibo do boleto após efetuado o pagamento para programar seus agendamentos. Não haverá mais uma taxa separada para agendamento ou para envio do passaporte.

Passo 3: Agende um horário para comparecer ao CASV pelo site ou através do Call Center (não permite ser no mesmo dia da entrevista, mas funciona também aos domingos)

Belo Horizonte Ed. Celta – R. Maranhão, 310 – Loja 1 – Santa Efigênia
Belo Horizonte- MG 30150-330  (31) 3956-0800
Brasília Venâncio 2000 SCS, Quadra 8, Bloco B South Commercial Sector
Brasilia, DF 70333-900  (61) 3550-0774
Recife Comercial Bandeira – Av. Herculano Bandeira, 949- Pina
Recife- PE 51110-130 (81) 4042-0050
Rio de Janeiro Lagoa Corporate – R. Humaitá, 275- Humaitá
Rio de Janeiro- RJ 22261-001 (21) 4042-0584
São Paulo Av. José Maria Whitaker, 370- Vila Mariana
São Paulo- SP 04057-000.  (11) 3230-2170

Callcenter Campinas (19) 3500-2486; Santos  (13) 3500-6208

São Paulo Gualter Building – Av. São Gualter, 308- Alto de Pinheiros
São Paulo- SP 05455-000 (11) 3958-7007
Porto Alegre   Av. Carlos Gomes, 1501 – Tres Figueiras
Porto Alegre- RS 90480-005  (51) 3500-1460

Passo 4: Compareça ao CASV para coleta de seus dados biométricos (foto e impressões digitais). Os solicitantes precisarão apresentar o passaporte válido e a página de confirmação do DS-160. Solicitantes acima de 66 anos ou com até 15 anos estão liberados da coleta de impressões digitais no CASV, assim, eles, ou seus representantes, devem enviar seus documentos e uma fotografia 5×7 que atenda às Normas do Departamento de Estado para Fotos.

Passo 5: Comparecer à entrevista, se for solicitado, em nossa Embaixada ou Consulados. Os solicitantes deverão apresentar o passaporte válido e a página com o código de barras do DS-160.

Passo 6: Solicitantes qualificados ao visto poderão receber o passaporte com visto em seu domicílio ou em um local pré-escolhido.

——————————————
TAXAS

160 DÓLARES para B1, B2, C, D, F, J, I, M
(turismo, negócios, estudantes, intercâmbio)

190 DÓLARES para H, L, O, P , Q, R
(esporte, religião, empregos)

250 dólares para E
(investidor)
240 dólares para K (noivos de americanos)

====================================

Consulado Americano em São Paulo

ENDEREÇO: Henri Dunant, 500 (Santo Amaro).  Perto do Shopping Morumbi, Estação Morumbi (CPTM Linha C) e da Avenida Santo Amaro.

TRANSPORTE:

METRÔ /TREM (integrado) – mais barato – por 3,80.  tempo estimado 01h18min:
– Linha 1 (Azul) Embarque na estação Tietê. Siga até Sé
– Na estação Sé, transfira para a Linha 3 (Vermelha-Laranja) –
Metrô Linha 3 (Vermelha-Laranja) da Sé Siga até Barra Funda
– Na estação Palmeiras/Barra Funda, transfira para a Linha B – CPTM (Transferência gratuita). CPTM Linha B Siga até Presidente Altino.
– Na estação Presidente Altino, transfira para a Linha C – CPTM (Transferência gratuita). Linha C Siga até Morumbi
– Desça em direção ao Shopping Morumbi, siga a Chucri Zaidan até o final, onde estará a rua do Consulado (Henri Dunant), vai dar uns 10 a 15 minutos andando.

ONIBUS: Depende de onde estiver. Se necessitar ônibus e metrô, terá de pagar duas conduções (R$ 3,80 cada -exceto quem for da cidade e tiver o Bilhete Unico – R$6,80) Para a Avenida Santo Amaro, altura do 5900. Da Avenida Paulista, há o ônibus Terminal Santo Amaro (669A-10), descer na Parada Bela Vista. Tempo previsto: 35-40 minutos.

Do Terminal Rodoviário do Tietê, há três trajetos possíveis, levará, em média 1 hora:
1) Metrô, até Estação São Judas (25 minutos). Pegar o ônibus 6751-10, Terminal João Dias. Descer na Parada Banespa, proximo ao número 5300 (27 minutos).
2) Metrô até a linha Verde (pegar baldeação da linha Azul na estação Paraíso, ir na Linha Verde direção Vila Madalena – descer na Trianon – cerca de 22 minutos) e depois pegar o ônibus Terminal Santo Amaro, descer na Parada Bela Vista -cerca de 34 min. Trajeto de cerca de 45-60 minutos, sem trânsito, qualquer das opções.
3) Metrô até Ana Rosa. Pegar ônibus 675-N – Terminal Santo Amaro e descer na rua Amaro Guerra com a Henri Dunant (cerca de 1 hora).

—————————————–
HOSPEDAGEM PERTO DO CONSULADO

Hotel econômico: Formule 1 no centro (Av. São João), um dos mais baratos da cidade.
* Formule 1 Morumbi
* Ibis Morumbi

* Albergue (Hostel) na República (imediações do centro) http://www.hostel.com.br/
Rua Barão de Campinas, 94 – Centro – São Paulo / SP – Fone: (11) 3333-0844 / Fax: (11) 3338-1414
* Estação República do metrô, vai direto para a Barra Funda e segue o roteiro de trem acima.
* Tem outro albergue no Paraíso porém mais distante do Consulado.

—————————————
A entrevista. O que perguntam na entrevista para visto no Consulado?
Boa parte das perguntas não exigem documentação para provar. Espera-se a boa fé das pessoas. Mas os entrevistadores são muito perspicazes em saber quem está mentindo. E podem recusar dar o visto até sem te dar um motivo. Não é possível recorrer da decisão.
O melhor é já levar documentos que comprovem o que se está dizendo. Os documentos, preferencialmente, devem ser oficiais, emitidos pelo governo (imposto de renda, CTPS, declaração no INSS, etc).

Perguntas são referentes a bens que condizam com o custeio da viagem. Se estudante, quem está bancando o preço do curso e hospedagem. Se turismo, quem paga, se tem trabalho fixo há muito tempo; se o emprego paga o suficiente.

Para evitar demora, tente já entregar documentos que se prestem a comprovar que você possui recursos para arcar com a viagem e que vai voltar ao Brasil, mas seja organizado e suscinto. Se você trouxer um monte de papel, eles não vão nem pegar.

Demonstrativos de Imposto de Renda ou Holerits (pagamento de salário) são indicativos. Se profissional liberal, apenas imposto de renda ou comprovante de rendas fidedignos (o documento emitido por empresa ou por contador pode não ser considerado como comprovante). Imóveis próprios também. Saldo de conta bancária. Enfim, qualquer coisa que indique que se possa bancar uma viagem.

VÍNCULOS COM O PAÍS. Trata-se da questão mais importante da comprovação, que muitos deixam para segundo plano, achando que o Consulado só vê a renda.

Quaisquer informações que demonstrem que você irá retornar ao país: emprego fixo com carteira assinada, faculdade ou escola com matrícula realizada; família e bens que dependem de seu retorno; etc. O importante é mostrar que há elos fortes no país e que você pretende voltar ao país.

Relações familiares: se a família reside e trabalha no país.

Se você tem parentes nos EUA, certifique-se então de que tenha fortes indícios que você não vai lá para morar, mas apenas para visitar. Se não for visitar parentes nos EUA, não se recomenda que sejam mencionados, pois o importante é focar no objetivo de sua viagem. Por exemplo, se vai para a Flórida e Orlando, porque mencionar um parente no Texas?

O que NÃO INTERESSA AO CONSULADO : se tem telefone, celular, carro, moto… se já comprou a passagem (exceto se estiver em trânsito: apenas fazendo escala e vôo de conexão).

O que AJUDA: se já teve visto anterior, se já visitou o país ou algum país estrangeiro (leve algum comprovante, passaporte anterior…), se um parente que irá viajar já possui o visto.

O que ATRAPALHA: não ter emprego fixo, não declarar imposto de renda, não morar com a família (ser solteiro), muda de cidade constantemente.

=======================================

LEIA COMO PREENCHER CORRETAMENTE O DS-160

http://www.embaixada-americana.org.br/pdfs/ds-160_portugues.pdf

O formulário tem sido um dos principais meios de avaliação do Consulado. Se você preencher incorretamente, vai gerar mais dúvidas ao agente consular e ele lhe fará mais perguntas. Qualquer contradição na entrevista será entendido como descumprimento dos requisitos.

A legislação norte-americana parte do pressuposto que todos querem ser imigrantes ilegais até que se prove o contrário (está na Lei, não é mania de perseguição nem terrorismo…). Por isso é muito importante comprovar vínculos com o país (no caso, o Brasil)
==================================.
Do site da embaixada:

Documentos Adicionais
De acordo com a Lei de Imigração e Naturalização dos EUA, todos os solicitantes devem mostrar que possuem fortes vínculos com seu país de residência e que pretendem deixar os Estados Unidos após uma visita temporária. Embora não exista nenhuma lista de documentos específicos a serem apresentados para demostrar vínculos fortes fora dos EUA, muitos solicitantes gostariam de trazer documentos adicionais para demostrar tais vínculos. Tais documentos podem incluir os seguintes:

  • Carteira de trabalho, declaração de imposto de renda da pessoa física, contracheques, certidão de casamento/nascimento, extratos bancários, documento de carro, documento de bens, declaração da escola, declaração do empregador, e, no caso de empresários ou socios, imposto de renda da pessoa jurídica, certidão recente do CNPJ, et cetera;
  • Passaportes vencidos assim como passaportes atuais e vencidos de outras pessoas que irão viajar com você, especialmente se forem membros da família. Passaportes atuais e vencidos para membros da familia ainda que não estejam viajando com você pdem ajudar, também. Se você for renovar seu passaporte e acredita que o passaporte antigo poderá ser retido pela Policia Federal é aconselhavel que tire uma cópia completa do passaporte antigo antes de solicitar o novo, e que traga a cópia à entrevista;
  • Qualquer visto americano anterior contido no seu passaporte atual ou vencido, ou uma cópia do mesmo, especialmente se você estiver renovando o visto por outro do mesmo tipo que ainda esteja válido ou que tenha expirado há menos de 12 meses (através de programas de renovação de vistos);
  • Se uma terceira pessoa irá custear a sua viagem seria importante trazer documentos que comprovem os vínculos que esta pessoa ou organização têm fora dos EUA, tanto como os documentos que comprovem os vínculos do solicitante ao país de residencia. Os mesmos tipos de documentos recomendados acima para solicitantes podem ser trazidos para os patrocinadores da viagem.No caso do patrocinador ser baseado nos EUA (por exemplo, uma organização com sede nos EUA, um cidadão americano, ou um residente permanente legal nos EUA), poderá ser mais difícil a comprovação de vínculos fora dos Estados Unidos (favor visitar a página com Perguntas Freqüentes)É importante notar que se o Oficial Consular pede documentos como os mencionados acima sem você trouxer, é possível que você tera que voltar em outro dia com os mesmos. Além disso, em determinados casos, o Oficial Consular poderá requisitar documentos que não estejam mencionados no website para possibilitar a comprovação de vínculos suficientes.—————————————-::: LINKS ::: – informações completas no site da Embaixada Americana sobre os requisitos do visto.- Informações do Departamento de Estado dos Estados Unidos (em inglês)

    —————————————
    Descrição Adicional: Visto norte-americano. Visto EUA. Como obter o visto aos Estados Unidos. Preenchimento do formulário DS-160.
    TÓPICOS RELACIONADOS

Pin It

Related Posts

579 Responses to Como solicitar o visto norte-americano (VISA EUA)

  1. Bruna Mariotti disse:

    Olá Bom dia! Estava agendando a entrevista para ir ao consulado de São Paulo, mas na correria acabei preenchendo os dados errados do membro familiar coloquei o grau de parentesco como *irmão e na verdade seria *mãe, e detalhe adicional já salvo e todas as vezes que eu vou à parte de alterar o agendamento esta aparecendo *irmão. Eu coloco como alterar membro mas depois quando eu abro a pagina novamente ainda
    consta como *irmão. Gostaria de saber se na hora da entrevista, por estar constando à informação errada vai gerar algum problema…

    Grata,
    Bruna Mariotti
    ———————
    Resposta à pergunta
    Provalmente não terá maiores problemas por conta disso

  2. JDJ disse:

    OI, Fui para os EUA cuando en 1997 com 11 anos levado pelo meus pais, nao tenho certeza cual era o periodo do meu visto cuando eu fui, mais tenho certeza que eu “overstayed”. Meus pais separarao e morava sozinho nos EUA ate’ receber uma bolsa de estudos para uma Universidade en Chicago onde me formei e graduei en 2009. Voltei para o Brasil en Otubro de 2009 para jogar futebol proffisionalmente. Joguei por algums meses mais percebi que receberei mais se arrumar un trabalho fixo. O problema e’ que o meu diploma da Universidade ainda esta nos EUA e as empressas aqui lo estao pedindo para me empregar. Agora tenho 24 anos, moro no Brasil com meu Tio, porque nao tenho contato com meus pais, e no momento nao tenho emprego fixo e nada no meu nome. Estava querendo voltar para os estados unidos para buscar meu diploma e passar uns dias la antes de voltar para o Brasil e começar meu emprego fixo en uma empressa internacional. Minha entrevista esta marcada para Dezembro, cuais sao as minhas chances de consiguir ese visto, e se eu devo dizer para eles minha situaçao de ter overstayed no EUA? Obrigado.
    —————————
    Resposta à pergunta
    Você primeiro deve obter informações com a Universidade, para saber como obter seu diploma. Após, com documentação da universidade, acho que será mais fácil comprovar a necessidade de sua viagem. Sem algum comprovante de que você estará indo especificamente para buscar o diploma, com uma carta ou email da universidade, será difícil obter o visto

  3. Joyce disse:

    oi… meu nome é Joyce, estou planejando ir para os estados unidos para visitar minha irma que é cidada americana, ja me disseram que é melhor nao mencionar ela na entrevista, pois seria um motivo para ficar la. me formei em biomedicina ano passado e agora estou morando com o meu pai e trabalhando como secretaria. vou inicar uma pos graduacao no inicio do ano que vem e estou indo apenas para passar as festas de fim de ano msm. meu pai que ira pagar a viagem pra mim, como presente de formatura, mas deixei para ir agora pra ir junto com essa minha amiga q esta se formando agora. ter esse trabalho de secretaria e estar matriculada na pos sao vinculos suficientes com o Brasil? vou levar os comprovantes de imposto de renda e extratos do meu pai, mas ainda estou achando q meu vinculo com o pais é pouco. meu pai e minha madrasta tem vistos e foram pros estados unidos agora em julho, seria interessante levar os passaportes junto? tambem vou levar o roteiro de viagem q eu farei com a minha amiga, que incluira passar pela cidade da minha irma, mas se nao for interessante falar dela eu apenas coloco os hoteis que vou ficar.
    muito obrigada!!
    ————————–
    Resposta á pergunta
    Se quiser aumentar suas chances de visto, recomendo levar o passaporte de seu pai com visto, documentos de renda dele e documentos de vínculos seus ( escola e trabLho), podendo até constar que vc iria sair de férias com ele junto. Mas vc também deverá escolher uma cidade bastante turística, tal comoalguma na Califórnia, Flórida ou Ny.

  4. Maria disse:

    Boa Noite,
    Achei suas dicas fantásticas e com certeza me ajudarão muito na hora da entrevista.
    Mas estou preocupada com um detalhe importante.
    Meu pai mora ilegalmente nos EUA. Meu irmão e eu gostaríamos de ir visitá-lo no final do ano. Estou cursando o 2º ano de medicina na federal e meu irmão faz pré-vestibular. Meu pai irá matriculá-lo em um curso de inglês nos EUA para tentar facilitar o seu visto. Iremos ficar na casa de uma prima que mora legalmente lá.
    E sobre meu pai? Eles possuem controle sobre os imigrantes ilegais? Devemos mencionar que ele mora la? Quais são as nossas chances?
    Desde ja, muitíssimo obrigada!
    =========================================
    Resposta À pergunta (respondida com atraso por problemas técnicos)
    As informações sobre familiares são sigilosas, por isso não dá para saber previamente sobre qual tipo de informação tem o Consulado. Mas, se ele continua lá e as autoridades não fizeram tentativa de deportação, então provavelmente não sabem disso. É claro que isso não deve ser mencionado. Se perguntarem, vocês podem dizer que não tem mais contato com ele, não sabem onde ele está.
    Sobre sua estadia em casa de parentes, o Consulado irá requerer maiores comprovantes de seus vínculos com o Brasil. O fato de serem ainda estudantes, haveria necessidade de alguém comprovar a renda de vocês e que vocês tenham vínculos familiares no país. Apenas cursar a faculdade pode não ser suficiente.

  5. Ana Merlim disse:

    Oi, morei nos E.U.A por 4 anos,mas sempre legalmente.Entrei com visto de turista e mudei meu status p. estudante. Voltei ao Brasil em Dez passado p. me formar,mas pretendendo voltar ao USA,assim q a faculdade terminar e eu colar grau.
    Tenho 3 problemas. Primeiro:Meu visto vencerá no dia 12 de Março de 2011,se eu quiser viajar no dia primeiro,posso?
    Segundo: Queria tentar tirar visto de estudante,mas tenho medo de além deles negarem,cancelarem meu visto de turista.Isso pode acontecer?
    Terceiro:Casei nos E.U.A com brasileiro e estamos separados,quando eu voltar tenho q dizer q sou casada? Isso não vai me prejudicar,visto q eles podem perguntar do meu ex-marido e verem q ele está nos E.U.A e além de tudo ilegal? Se eu colocar solteira,eles descobrem?
    Muito obrigada,Ana
    —————————-
    Resposta à pergunta
    O visto de estudante tem outra finalidade, portanto não influencia ou modifica seu visto de turismo. Sobre seu estado civil, parece não haver como indicar status de separada, então deverá colocar seu status oficial. Se separada apenas de fato, por menos de 2 anos, será ainda como casada. Embora eles provavelmente não obteriam tal informação, o ideal é que expresse informações verdadeiras de sua situação no país.

  6. Heloisa disse:

    Prezados, boa noite.
    Meu namorado tem o visto L1b, e está trabalhando em uma empresa nos EUA. Eu consegui o visto de turista há pouco tempo e irei visitá-lo em dezembro/10. Estamos planejando nos casar, no Brasil, em 2011, e eu tentar o visto L2, para viver com ele nos EUA. Para isto quais os procedimentos a serem seguidos e em quanto tempo é possível conseguir o visto após o casamento?
    ====================================
    Resposta à pergunta:
    As informacoes devem ser verificadas no site da Embaixada ou em sites do governo americano e pode levar ate 3 meses

  7. Janaina disse:

    Se minha filha menor de idade que tem dupla cidadania, for viajar com um irmão maior de idade com visto de turista para os Estados Unidos,poderiam ser questionados ou até mesmo deportado na imigração pelo fato dela ter a cidadania e ele não???
    OBrigada.
    ====================================
    Resposta à pergunta:
    Depende mais do humor do fiscal do que requisitos objetivos. Difícil prever, mas pode ocorrer, se entrando ao mesmo tempo na Imigração. Mesmo com o visto, a Imigração poderá rever as intenções de viagem.
    Aí, se ocorresse, ele teria que provar os vínculos com o Brasil, comprovando que iria retornar ao país, levando todos os documentos necessários que comprovem elos com o Brasil. Só depois ele seria deportado, caso não tivesse sido claro nas suas intenções de viagem.
    Seria injusto haver impedimento aos familiares diretos para visitar os EUA, mas eles pediriam mais provas, algo mais concreto que vínculos com o país.

  8. Ilber disse:

    ola,
    Sou Ilberiano Pereira, sou Guineense( Guine-Bissau) vivo no Brasil a 3 anos
    tensiono ir para EUA, para morar, trabalhar e estudar. No proximo ano. Tenho a anistia e estou legal. Gostaria de saber como é que faço prar conseguir o visto para poder ir?
    obrigado e aguardo a resposta
    o meu email é : ilber200@hotmail.com
    ILBER

    ========================================
    Resposta à pergunta:
    Sua situação é estrangeiro com residência permanente no país.
    O que você deseja é um visto de IMIGRANTE. Porém, esse visto NÃO é concedido a todos, apenas para familiares de norte-americanos.
    Para visto de NÃO-IMIGRANTE, a guiné bissau possui visto tipo B1 e B2 (turismo e negócios) para 5 anos de validade, o pedido é feito da mesma forma que os brasileiros (preenche agendamento no Site). Porém, deve estar atento para documentos que comprovem vínculo com o Brasil, demonstrando sua anistia com documentos formais e demonstrar sua intenção de VOLTAR ao Brasil. Se você informar que sua intenção é morar nos EUA, será o VISTO NEGADO.
    Informações da Embaixada Se eu não for um cidadão brasileiro ou se sou brasileiro, mas também tenho outra nacionalidade, ainda assim tenho que pagar as taxas adicionais de visto?
    Depende. Se você pretende viajar com seu passaporte brasileiro então as taxas descritas na questão anterior (e o link fornecido) se aplicam. Se, no entanto você for viajar com o passaporte válido do outro país do qual também possui nacionalidade, então estas taxas adicionais podem ser diferentes. Por favor, consulte as informações referentes ao seu país, disponíveis aqui. Observe também as informações fornecidas abaixo, relativas a solicitantes de outros países que desejem solicitar vistos para os Estados Unidos no Brasil.

    Eu não sou brasileiro. Posso solicitar um visto no Brasil?
    A Embaixada e todos os Consulados aceitam solicitações de todas as pessoas que residam ordinariamente no Brasil (brasileiros e estrangeiros). Se você não for brasileiro, mas sua residência habitual é no Brasil deve seguir o mesmo processo que os brasileiros e agendar sua entrevista para solicitar o visto. Se, no entanto, for um cidadão estrangeiro que não reside no Brasil e planeja solicitar um visto durante sua visita ao Brasil, nós recomendamos que solicite seu visto no seu país ou no país de sua residência habitual. Se decidir solicitar seu visto no Brasil, por favor, observe que não há garantias que seu visto será aprovado, pois os Oficiais Consulares poderão se encontrar em uma posição onde não será possível avaliar a sua solicitação de maneira apropriada. Será necessário agendar a entrevista através do processo normal

  9. Romilda disse:

    Olá. Boa noite.
    Tenho viagem marcada para Atlanta, (a turismo), para 16 de Novembro/2010. Me lembrei que o visto para os EUA está em meu passaporte antigo, vencido em 2004. Em 2007 tirei outro passaporte(com numero diferente), pois além de vencido, tinha “perdido” meu passaporte, durante mudança de casa. Mas alguns meses após o passaporte novo ter sido emitido, consegui achar o antigo. Já viajei com meu passaporte novo para a Europa e Asia, mas não para os EUA.
    O visto que possuo no passaporte antigo é R, tipo/classe B1/B2, emitido em Maio/2002, expirando em Maio/2012.
    Se puder me informar se terei problemas para viajar ou se terei que tirar outro visto (neste caso perderei minha viagem). Muito obrigada

    ========================================
    Resposta à pergunta
    Pode viajar com o passaporte antigo por conta do visto, não tem problema. Você deverá carregar os dois passaportes.

  10. Janaina disse:

    Olá bom dia, sou Janaina da pergunta anterior.
    Estou vendo que nosso caso é complicado.
    Caso minha filha que tem a dupla nascionalidade for viajar para a Disney, desacompanhada dos pais, nesses pacotes de excurções, ela sofre algum risco de ser deportada, ou compromete o grupo que a levou???
    Nós já desistimos, vamos agora conhecer outras americas!!
    Vamos para o México em Janeiro ” cancun” . e em Julho para Bariloche.
    Muito obrigada pela atenção.

    ==================================
    Resposta à pergunta:
    Não haverá problemas para sua filha, muitas crianças viajam sem os pais em excursões.
    Ela precisa ter o passaporte brasileiro na hora de voltar.
    Observação: ainda que seu visto tenha sido cancelado, não há impedimento que você comprove novamente o preenchimento dos requisitos,
    tais como aqueles relacionados a trabalho, casa, família, conta bancária. Elementos que indiquem relação com o país de residência: emprego e relações familiares.

  11. Janaina disse:

    Olá sou Janaina, de 1999 a 2005 fizemos várias viagens para os Estados Unidos, na minha penultima viagem que foi em 2001 fui grávida, tive complicações e minha filha acabou nascendo lá. Em nenhuma das vezes ultrapassamos a permanência, e quando fomos ao consulado de SP em 2006 fazer o passaporte americano de nossa filha tivemos a surpresa de ter nossos vistos cancelados, alegaram não nos encaixar no padrão de turistas.(eu e meu marido funcionário público Federal).Estamos planejando tentar nossos vistos, tivemos várias oportunidades de viajarmos para o exterior com familiares e amigos e ficamos de fora. O que deveremos fazer a nosso favor? levar passaportes anteriores mostrando as viagens. Quais são nossas chances, o motivo do cancelamento do nosso visto fica registrado no computador? Obrigada.
    ==============================
    Resposta à pergunta
    Sempre que há um familiar norte-americano, há complicações na obtenção do visto dos demais familiares, pois isso enfraquece seus vínculos com o Brasil.
    Com o caso de filhos, é ainda mais grave (eles sempre acham que você teve o filho lá com intenção de morar lá). Eles chamam de “Anchor Babies”.
    E mesmo que obtenha o visto, pense como será no posto da imigração: sua filha menor de idade é norte-americana e vocês com visto – não há qualquer garantia que vocês estão indo a turismo. As autoridades podem até proibir a entrada de vocês no país, o que seria bem pior que um visto negado.
    Há muitas pessoas nessa situação, não sendo possível obter Visto de Imigrante até que os filhos tenham 21 anos e boa renda nos EUA.
    Para vocês não terem de pagar as taxas de $140 para levarem um “não”, faça apenas um pedido primeiro, para você ou seu marido. Não dá para saber o que eles tem registrado lá, nem como irão interpretar o caso. Creio que qualquer informação que eles tiverem sobre sua filha, será negado o visto.

    PS: seu filha necessitará de um passaporte brasileiro.

  12. Valerio Oliveira disse:

    Olá,
    Entrei em contato com um dos despachantes da relação que nos enviou e tomei um susto. Eles sequer falam do formulário 160 e sim dos anteriores e nos passou a data de 16/12 como a mais próxima para a entrevista.
    Parece que os despachantes precisam fazer curso de reciclagem…
    De qqer forma vamos tentar os outros.
    Obrigado,
    Valerio

    ===========================
    Resposta ao comentário:
    OK, depois nos informe quem seria(m) o(s) “desinformado”(s).
    Tem uma pessoa nas pesquisas da internet, quem sabe dá alguma coisa: Helena Kosloski Branco. E-mail: helena@kosloski.com.br

  13. Iraci disse:

    Olá boa tarde, tive meu visto negado em 2008, não me disseram o motivo, não tenho comprovantes de renda,sou divorciada e moro sozinha, tenho 53 anos e tenho um namorado americano que reside em Atlanta, ele ira custear minha viagem e estadia como iria fazer a primeira vez. tenho um filho adotivo de 13 anos mas não tem meu nome, como ja disse moro sozinha e sou sacerdotiza de uma religião Afro-Brasileira, tenho um imovel em meu nome e sou eu quem administro minhas contas. quais são minhas chance de obter meu visto desta vez. a continuidade de meu relacionamento depende desta minha ida ao EEUU.
    att obrigada

    ===========================
    Resposta à pergunta:
    Pelo que você relatou, não há qualquer diferença na situação anterior, quando lhe negaram o visto.
    Procure melhorar sua comprovação de vínculos no país. Se você não é casada, não tem emprego de carteira assinada, nem tem comprovante de família, não há qualquer vínculo.
    Seu filho tem algum documento em que você está como mãe dele? (Matrícula na Escola, documento de guarda judicial, petição judicial)
    Se você não tem comprovante de renda, como recebe sua renda? Não há outros meios de comprovar que não seja o Imposto de Renda? (extratos bancários, extrato de cartão de crédito)
    Faz previdência social ou é cadastrada no INSS?
    Já visitou outros países a turismo?
    Sua congregação religiosa é cadastrada como entidade para fins legais?

  14. Luiz disse:

    Olá, fechei um pacote de intercâmbio para o Canadá para Julho/2011 (Durante as minhas férias da faculdade e do estágio). O fato é que eu comprei a passagem para Toronto com conexão em NYC e ainda não possuo o visto de turista/transito, sendo que minha entrevista será em Dezembro/2010. Assim, a dúvida que me cabe é se devo informar sobre o intercâmbio no Canadá e todo o romance em volta da passagem ou somente mostrar intenção de ir para NYC, ignorando o fato de que vou para o Canada.
    ==========================================
    Resposta à pergunta:
    Se sua intenção não é visitar NYC, então você apenas fará o trânsito pelo aeroporto. Porém, esse visto não é o B2 de Turismo, mas o C1.
    Então depende qual pedido que foi feito: B2 ou C1. De qualquer forma, você deverá falar sobre suas reais intenções de visitar ou não o país. Recomenda-se que você leve algum comprovante sobre esse curso/pacote de intercâmbio.
    Se você fez pedido de B2 (Turismo), talvez peça para comprovar todos os requisitos (recursos financeiros, vínculos no país), ainda que apenas em trânsito.

  15. Amanda Martins disse:

    Olá,
    casei nos Estados unidos em dezembro do ano passado, e agora estou aguardando a carta com a data da entrevista que será no Rio. Estou muito anciosa, estou esperando há quase um ano, acredito que marcarão até dezembro.Entao gostaria de saber se já receberei a resposta na hora, e o que eles perguntam na entrevista , pois irei sozinha, pq meu esposo está aguardando lá.
    Obrigada,
    Amanda.

    ====================================
    Resposta à pergunta.
    Seu marido é americano, então? Responda apenas as perguntas que lhe forem feitas. São simples e claras, então tente se manter calma e faça respostas objetivas (não é para ser “curto e grosso”, mas nada de inventar estórias).
    Se o seu visto for de imigrante, talvez não saia resposta na hora, como é o de turista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Kyplex Cloud Security Seal - Click for Verification